Endividamento

O saldo bruto de Empréstimos e Financiamentos encerrou o 2T21 em R$ 1,2 bilhão, enquanto o saldo de Caixa, Equivalentes de Caixa e Aplicações Financeiras finalizou o período em R$ 947 milhões. A Dívida Líquida Ajustada1 da Companhia ficou em R$ 242 milhões e o índice de alavancagem dado pela Dívida Líquida Ajustada/Patrimônio Líquido ficou em 18,6%.

A tabela a seguir e os gráficos abaixo apresentam a abertura do endividamento, bem como seu cronograma de amortização. O prazo médio ponderado de vencimento da dívida no fim do período foi de 42 meses.

Endividamento (R$ milhões) 2T21 1T21 Δ%
Empréstimos e Financiamentos 1.191 1.077 11%
CRI 788 673 17%
Debêntures 253 249 2%
Financiamento à Produção 37 41 -9%
CCB 100 100 0%
Capital de Giro n/a
FINAME e Leasing 13 14 -9%
Caixa e Equivalentes 947 975 -3%
Dívida Líquida Ajustada¹ 242 104 132%
Dívida Líquida / PL 18,6% 7,7% 10,9 p.p.

¹ Dívida Líquida somada ao saldo das posições em aberto de contrato de swaps para proteção de flutuações de taxas de juros.